Resumo dos curricula dos convidados

Jaime Milheiro

BREVE NOTA CURRICULAR

JAIME MILHEIRO, psiquiatra e psicanalista (n. 1935), fez a sua preparação no Porto, Lisboa e Paris (assistente estrangeiro da Faculdade de Medicina de Paris em 1965 e 66, como bolseiro). Aos 32 anos já era Chefe de Serviço de Psiquiatria (1º Assistente do Instituto de Assistência Psiquiátrica: IAP).

Prioritariamente interessado nas questões de Saúde Mental das pessoas e das comunidades, fundou em 1969 o Centro de Saúde Mental de V. N. de Gaia, numa linha inovadora de Psiquiatria Comunitária. Foi sempre seu Director, excepto quando destacado para as funções regionais de:

• Delegado da Zona Norte do Instituto de Assistência Psiquiátrica (1982-86)
• Coordenador de Saúde Mental da Região Norte (1988-92).

Foi Presidente do Colégio de Psiquiatria da Ordem dos Médicos (1981-87).
Foi Presidente da Associação Portuguesa de Saúde Mental (1991-95).
Foi Presidente do Conselho Nacional de Saúde Mental (1999-2005).

Foi Professor Convidado da Faculdade de Psicologia da U.P., regente de duas cadeiras: “Temas de Psicanálise” e “Saúde Mental” (1977-82).

Na prática psicanalítica é Membro Titular e Didacta da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e da Associação Psicanalítica Internacional desde 1981.
Organizou o ensino desta área no Norte do País, fomentando inúmeras actividades clínicas, científicas e culturais.
Fundou o Instituto de Psicanálise do Porto (1999) de que foi o primeiro Director.
Foi Presidente da Sociedade Portuguesa de Psicanálise (1990-92).
Foi Director da Revista Portuguesa de Psicanálise (1997-2003).

Escreveu dezenas de artigos científicos e centenas de artigos de opinião em revistas, livros colectivos e jornais, sempre numa intenção pedagógica e de conhecimento.
Publicou os seguintes livros:

• Doenças de Foro Psiquiátrico em V. N. de Gaia– Ed. do IAP– Porto (1984)
• Loucos são os Outros – Ed. FIM DE SÉCULO – Lisboa – 2ª Edição (1999)
• Orofobias… Marias e outros Mistérios – Ed. ALMEDINA – Coimbra (2000)
• Sexualidade e Psicossomática – Ed. ALMEDINA – Coimbra (2001)
• Adão e Eva no Deserto – Ed. CLIMEPSI – Lisboa (2003)
• O Livro de Jonas – Ed. FIM DE SÉCULO – Lisboa (2005)
• A Invenção da Alma – Ed. FIM DE SÉCULO – Lisboa (2012)
• O Centro de Saúde Mental de V. N. de Gaia – Ed. da DGS – Porto (2013)

Aposentou-se em 2003, na qualidade de Director do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar de V. N. de Gaia.

Foi agraciado com a Medalha de Ouro do Ministério da Saúde (2006).
Foi agraciado com a Medalha de Ouro do Município de V. N. de Gaia (2006).

Bárbara Figueiredo

Bárbara Figueiredo é doutorada e agregada em Psicologia Clínica pela Universidade do Minho. Atualmente, é Professora Associada com Agregação na Escola de Psicologia da Universidade do Minho, onde é ainda responsável pela unidade de crianças e adolescentes do Serviço de Psicologia e pelo grupo de investigação “Família: Estudos e Intervenção” do Centro de Investigação em Psicologia. Com mais de duas centenas de publicações nacionais e internacionais, tem vindo a dedicar-se particularmente à investigação e intervenção no domínio da Psicopatologia do Desenvolvimento e da Psicologia da Família.

links:
http://escola.psi.uminho.pt/docentes_investigadores/bfigueiredo.html
http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=9068525565362471

Barbara Figueiredo (Ph.D. in Clinical Psychology) is currently Associate Professor with Aggregation at the School of Psychology, University of Minho, where she also coordinates the Psychology Service Unit for children and adolescents and the research group “Family: Studies and Intervention” at the Research Center in Psychology. With over two hundred national and international publications, she has been accomplishing psychology research and intervention particularly in the fields of Developmental Psychopathology and Family Psychology.

links:
http://escola.psi.uminho.pt/docentes_investigadores/bfigueiredo.html
http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=9068525565362471

Carlos Farate

Carlos Farate doutorou-se em Ciências Médicas pelo Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar da Universidade do Porto, (ICB-UP) sendo docente e investigador no ISMT (Coimbra) e no ICBAS-UP.
Como psicanalista é Membro Titular com funções didácticas da Sociedade Portuguesa de Psicanálise (SPP) e da Associação Psicanalítica Internacional (IPA). É o actual Presidente do Instituto de Formação e Terapêutica Psicanalítica do Porto (IFTP) da SPP.
Para além de funções clínicas, tem desempenhado funções de coordenação e de formação em instituições de saúde, em projectos de saúde mental e em psicoterapia psicanalítica, orientando trabalhos de mestrado e de doutoramento. Muitos dos seus trabalhos estão publicados quer em revistas científicas nacionais e internacionais, quer, sob a forma de livro, em obras individuais e colectivas

Celeste Malpique

CELESTE MALPIQUE, psiquiatra ,pedopsiquiatra, psicanalista titular com funções didáticas da SPP ( IPA ).
Já foi presidente da SPP e, juntamente com Jaime Milheiro, criou em 1999 o IFTP do Porto.
Tem participado nos COLÓQUIOS DO PORTO ” PSICANÁLISE E CULTURA ” , que considera uma iniciativa cultural de grande interesse , a nivel nacional.

Duarte Silva

Duarte Silva
Licenciou-se em Psicologia na área de Psicologia Clínica Dinâmica e realizou a Pós-Graduação em Análise e Intervenção Familiar na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra em 2000 e 2003 respectivamente, trabalhando como psicólogo desde então.
Participou em várias formações na área da fotografia destacando-se a conclusão do Curso Profissional de Fotografia no Instituto Português de Fotografia – IPF em 2013. Encontra-se a realizar Mestrado em Som e Imagem – especialização em Cinema e Audiovisual na Universidade Católica – Escola das Artes
Na área da fotografia, trabalhou como assistente do fotógrafo Brian Griffin, no âmbito do projecto Entre Margens e realizou um estágio na empresa Global Imagens, desenvolvendo trabalho como fotojornalista para o Jornal de Notícias, Diário de Notícias e Dinheiro Vivo.
Trabalha como Psicólogo Clínico, Formador e Fotógrafo Freelancer (www.duartesilva.pt).

Eduardo Paz Barroso

Eduardo Paz Barroso

É professor universitário e programador cultural, autor de uma dezena de livros e de cerca de meia centena catálogos e inúmeros ensaios e artigos no âmbito da estética, artes plásticas, artes do espectáculo, cinema e análise dos media. Conferencista e crítico de arte, comissário de exposições de artes plásticas e colóquios em instituições públicas e privadas desde 1980 até ao presente.
Professor catedrático de Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Fernando Pessoa. Obteve o título de Agregado pela Faculdade de Letras e Artes Universidade da Beira Interior (2009). É Doutor em Ciências da Comunicação, especialidade em Comunicação e Cultura, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2002) e licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (1986). Foi o primeiro Director do Teatro Nacional S. João (1992-95). Consultor do SBAL da Fundação Calouste Gulbenkian (1996/2002). Desenvolveu extensa actividade como jornalista profissional em vários órgãos de comunicação social (1980/92). Integrou o painel de júris do ICA – Instituto de Cinema e Audiovisual e o painel de avaliadores da FCT (Fundação para a Ciência e Tecnologia) no domínio científico das Ciências da Comunicação e da Informação. É investigador do LabCom (Laboratory of Online Communcation), Universidade da Beira Interior. Actualmente é ainda presidente do Coliseu do Porto, nomeado pela Área Metropolitana do Porto, Câmara Municipal do Porto e Secretaria de Estado da Cultura.

O CV académico e profissional completo encontra-se disponível na plataforma DeGóis da Fundação para a Ciência e Tecnologia https://curriculum.degois.pt/

Algumas Publicações recentes:

- Estrada de Palha de Rodrigo Areias: Este western é para mim, in Geração invisível Os novos cineastas portugueses, Ana Catarina Pereira e Tito Cardoso e Cunha (ORGS), Livros LabCom Books, UBI, Covilhã, 2013

- VGM Cinquenta anos de vida literária – Aliás uma homenagem, (organização em co-autoria com Isabel Ponce de Leão), Modo de Ler, Porto, 2012

- E a Crítica é Bénard da Costa : Esboço de um pensamento cinematográfico Cinema Português IV Jornadas, Livros LabCom, Universidade da Beira Interior, 2012

- “Words and Painting Exchange Roles: Concretism, Experimentalism, and Fine Arts in Portugal”, JAB, Journal of Artists´Books, nº32 Columbia College Chicago, Center for Book & Paper Arts, USA, 2012, Brad Freeman Editor

- “Alternativa Zero: The memory of Being Contemporary in Portugal” , JAB, Journal of Artists´Books, nº32 Columbia College Chicago, Center for Book & Paper Arts, USA, 2012, Brad Freeman Editor

- “O Estado e a Cultura: coisas de que os homens (não) falam”, revista Diacrítica, Centro de Estudos Humanísticos, Universidade do Minho, nº 26/3, 2012

“Círculos e poéticas em filmes literários de Fernando Lopes”, Cinema:Journal of Philosophy and the Moving Image, nº3 (edited by Patricia Silveirinha Castello Branco), Instituto de Filosofia da Linguagem, FCSH, Universidade Nova de Lisboa, 2012
- A Locomotiva dos Sonhos – critica, cinema e arte contemporânea, Edições Universidade Fernando Pessoa, Porto, 2008

Ferrão Filipe

Prof. Doutor Ferrão Filipe
Ferrao.filipe@ipam.pt

HABILITAÇÕES ACADÉMICAS
- Especialização em Neurociências pela Faculdade de Bioloxia da Universidade de Vigo.
- Doutoramento em Psicologia Social, pela Universidade do Minho.

ACTIVIDADE PROFISSIONAL
- Presidente do IPAM.
- Professor do Ensino Superior e Investigador (Membro associado do FCT), na área da
Psicologia e da NeuoEconomia.
- Consultor na área da Psicologia e Neurociência.

OUTRAS ACTIVIDADES
- Membro da Direcção da APESP (Associação Portuguesa do Ensino Superior Privado).
- Membro do Conselho Consultivo da A3ES (Agência de Avaliação e Acreditação do
Ensino Superior).
- Autor de vários Trabalhos Científicos e Pedagógicos.
- Membro da Comunidade Judaica de Belmonte.

Francisco Bethencourt

Francisco Bethencourt
Curriculum Vitæ abreviado

Francisco Bethencourt é Professor Charles Boxer no King’s College London desde 2005, onde ensina história da Europa do Sul e do mundo ibérico, história da expansão europeia e do cosmopolitismo, história do mundo. É membro da Academia Europaea. É membro dos conselhos de dois institutos de pós-graduação da University of London: Warburg Institute; Institute for Latin American Studies. É ainda membro da Commission de Spécialistes en Histoire Moderne da Université de Paris IV-Sorbonne.
Foi director da Biblioteca Nacional de Portugal (1996-98) e do Centre Culturel Calouste Gulbenkian de Paris (1999-2004). Foi professor visitante na Brown University (1995 e 1998) e na Universidade de São Paulo (1993). Ensinou na Universidade Nova de Lisboa (1982-1996). Obteve o seu doutoramento no European University Institute, Florence (1992), o qual foi distinguido com o prémio Salvador Madariaga.
Entre as principais publicações destaca-se, como autor: Racisms from the Crusades to the Twentieth Century (Princeton: Princeton University Press, 2013); The Inquisition: a Global History, 1478-1834 (Cambridge: Cambridge University Press, 2009), que se seguiu a edições em França, Portugal, Espanha, Brasil e Sérvia; O Imaginário da Magia, edição revista (São Paulo: Companhia das Letras, 2004). Como co-editor publicou a História da Expansão Portuguesa, 5 vols. (Lisboa: Círculo de Leitores, 1998-1999); Portuguese Oceanic Expansion, 1400-1800 (Cambridge: Cambridge University Press, 2007); Correspondence and Cultural Exchange in Europe, 1400-1700 (Cambridge: Cambridge University Press, 2007); L’empire portugais face aux autres empires (Paris: Maisonneuve et Larose, 2007); A memória da nação (Lisboa: Sá da Costa, 1991).

Frei Bento Domingues

Frei Bento Domingues nasceu em Travassos, Terras de Bouro, em 1934.
Entrou para a Ordem dos Pregadores (dominicanos) em 1953. Estudou filosofia e teologia em Fátima, Salamanca, Roma e Toulouse.
Ensinou teologia em Portugal, França, Espanha, na África e na América Latina.
Tendo publicado várias obras, colabora há 22 anos no Público e pertence ao Conselho Geral da UP e ao Instituto S. Tomás de Aquino (ISTA)

Isabel Morujão

Breve nota curricular:

Isabel Morujão é Professora Auxiliar na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, é Mestre em Literaturas Românicas Modernas e Contemporâneas e tem Doutoramento na especialidade de Literatura Portuguesa (sécs XVI-XVIII), tendo centrado mais concretamente a sua investigação em torno da literatura feminina em Portugal.
É investigadora do CITCEM (Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória), integrando o Research Group “Sociabilidades, Práticas e Formas do Sentimento Religioso”.
As suas áreas actuais de interesse são a literatura portuguesa dos séculos XVI-XVIII (particularmente a feminina), a edição de textos dos sécs XVI-XVIII, a epistolografia, a literatura de viagens, a história do teatro português, a literatura de espiritualidade e as formas do sentimento religioso em Portugal.
Tem variadíssimos estudos, que vêm do século XVI ao século XX, dispersos por revistas da especialidade, actas e livros, no país e no estrangeiro.

José Maria Ferronha

José Maria Correia Ferronha é médico Psiquiatra e Pedopsiquiatra, membro aderente da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.
É sócio fundador do Instituto de Psicanálise do Porto. Possui um doutoramento em Psicologia do Desenvolvimento e é professor auxiliar da Universidade lusófona do Porto.
Tem trabalhos publicados na área da vinculação e da psicopatologia infantil.

Manuela Fleming

Nota Biográfica

Manuela Fleming é Psicóloga, formada na Universidade de Paris, e Psicanalista.
Especialista em Psicologia Médica pela Universidade do Porto(UP), onde fez o Doutoramento.
Professora Catedrática de Psicologia no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), Universidade do Porto. Foi Directora do Curso de Doutoramento em Saúde Mental, ICBAS/UP.

Manuela Fleming é Psicanalista Titular, membro da Sociedade Portuguesa de Psicanálise de que foi Presidente e é membro da International Psychoanalytical Association (IPA).
Exerce funções didáticas enquanto Formadora e Super-visora de casos clínicos de psicanálise e de psicoterapias psicanalíticas. Foi Secretária Científica da Revista Portuguesa de Psicanálise durante 20 anos.

Publicou dezenas de artigos científicos de Psicologia e de Psicanálise em revistas internacionais da especialidade. É autora de 8 livros de Psicologia e de Psicanálise, de que destaca o livro “Dor sem nome”, Ed.Afrontamento, 2003.

Exerce actividade clínica como Psicoterapeuta e como Psicanalista, em consultório privado na cidade do Porto, onde reside.

Maria de Fátima Lambert

Maria de Fátima Lambert
mfatimalambert@gmail.com

Nasceu no Porto; vive e trabalha no Porto e em Lisboa (Portugal).
Professora Coordenadora em Estética e Educação – desde 2000 – na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, sendo a Profª Decana.
Vogal da Comissão Instaladora da E.S.E./IPP – 1987/88.
Presidente do Conselho Científico da E.S.E./IPP de Outubro de 1998 a Janeiro de 2005.
Coordenadora de:
NEAP (Núcleo de Estudos Artísticos e do Património), E.S.E./IPP;
Curso de 1º ciclo em Gestão do Património e do 2º ciclo em Estudos em Gestão do Património;
Coordenadora UTC de Estudos Culturais e Sociais, E.S.E./IPP.
Orientação e Participação em Júris de Estágios, Mestrados e Doutoramentos (Portugal, Espanha e Brasil).
Coordenadora da Comissão para o Ensino Artístico — Ministério da Educação (1996/1997)
Investigadora do Projecto “Writing and Seeing”, Fundação Ciência e Tecnologia (F.C.T).
Membro da Comissão Científica do Instituto de História da Arte (financiada pela FCT) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
Membro da Comissão Científica do InED (Centro de Investigação e Inovação em Educação da Escola Superior de Educação) Membro da Comissão Científica da revista MIDAS – Museus e Estudos Interdisciplinares.
Membro do “Advisory Commitee” da Dardo Magazine, Santiago de Compostela (ES).
Membro da Comissão Científica da Bienal de Cerveira.
Membro especialista dos Júris do programa INOVarte em 2009 e em 2010 (DGEAC).
Palestrante sobre temas de Estética, Teoria da Arte, Arte Contemporânea.
Linhas de Investigação que coordena e desenvolve:
“Educação Estética e Formação de Públicos para Arte Contemporânea”;
“Porto: Cartografia do pensamento no séc. XX”;
“Escritas e Imagens: entre Portugal e Brasil”;
“A (in) visibilidade da Mulher na Arte”;
“Viagem e Paisagem para a Utopia: entrecruzamentos estéticos”.
Publica regularmente em revistas científicas, volumes e catálogos.
Desenvolve atividade como Curadora/Comissária sobretudo em Portugal e no Brasil, destacando-se:
Porto 60/70: os Artistas e a Cidade, Porto, Museu de Serralves – Porto
2001 Capital da Cultura
+ de 20 grupos e episódios no Porto do séc. XX, Porto, Galeria Municipal/Palácio de Cristal -
Porto 2001 Capital da Cultura
Olhares e Escritas na Arte portuguesa desde 1960, Porto, Galeria Municipal, 2003
Entre a Palavra e a Imagem (Fundación Luís Seoane – A Corunha | ES | 2006); Museu Cidade de Lisboa/Portugal e Centro Cultural Vila Flor – 2007)
Curadora de Portugal – Salon Européen de Jeunes Créateurs (Org. Montrouge | FR) – 2002/
2007
Incorporal, Intangível e Simulacro, Vila Nova de Cerveira, XV Bienal de Cerveira, Julho 2009
Do séc. XVII ao séc. XXI: além tempo, dentro do Museu – Porto, Museu N. Soares dos Reis,
2009/ 2010
Marginalia – d’après Edgar Allan Poe – Lisboa, Plataforma Revolver, Abril/Junho 2010
Elipse da Duração 50 | IPP | 25 – Mostra de Artes, Porto, Palacete Pinto Leite, Fev/Março 2011
Noli me Tangere: Ana Pissarra, Cristina d’Eça Leal, Flávia Vieira, Rachel Korman e Tiago
Mestre, Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa, 2011
Arqueologia do Detalhe, Casa das Artes, Vigo (ES), 16 Bienal de Cerveira, 2011
“Fotógrafos-Viajantes e Viagens de Fotógrafos”, Lisboa, Plataforma Revolver, 2011; “500 anos de Desenho na Coleção das Belas-Artes / dos anos 70 aos 10 de XXI”, Porto, FBAUP/Universidade do Porto, Março 2012;
“Entre Comissários e Curadores – há artistas e livros” (Coordenação), Guimarães, Fábrica ASA/Laboratório de Curadoria, programação conferências 14 a 17 junho 2012;
“Uma Coleção de Arte Contemporânea para Josefa de Óbidos” (co-curadoria), Galeria Nova Ogiva/Óbidos, 2012;
“Itinerário da Mente para a Luz: Cristina Ataíde e José Rufino”, Mosteiro de S.Bento, São Paulo (Brasil), 2012;
“Deslocamentos: Isaque e Cristina Ataíde”, Curitiba (Brasil), FIEC, 2013;
“um retato quase apagado onde se vê quase nada… – video português e brasileiro atual”, co-curadoria, 17 Bienal de Cerveira, 2013;
“Estratégias para de[mu]rar o tempo”, Casa Museu Marta Ortigão Sampaio, Porto, 2013;
“do barroco para o barroco está a Arte Contemporânea” (co-curadoria); Casa da Parra /STG),

Maria José Gonçalves

Curriculum Vitae

Médica, pedopsiquiatra, foi Directora do Departamento de Psiquiatria da Infância e da Adolescência do Hospital de D. Estefânia e Presidente da Associação Portuguesa de Psiquiatria da Infância e da Adolescência.
Psicanalista, é membro didacta da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e da sua Comissão de Ensino.
Actualmente é Presidente da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.

Lisboa, 22 de outubro de 2014
Maria José Gonçalves
.

Orlando Fialho

Orlando Fialho
Nota curricular:

Presidente do Instituto de Psicanálise
Médico especialista em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina de Lisboa.
Pedopsiquiatra pela Ordem dos Médicos.
Membro Didacta da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.
Psicanalista da Criança e do Adolescente.
Membro da IPA – The International Psychoanalytical Association.
Membro da Comissão de Ensino da Sociedade Portuguesa de Psicanálise
Membro da Direcção da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.
Formador no Instituto de Psicanálise desde 1985.

Paulo Vaz de Carvalho

Curriculum Vitae

Paulo Vaz de Carvalho

Formou-se em Direito na Universidade de Coimbra em 1981. Entre 1983- e 1984 realizou estudos de guitarra na Muzikhochschule de Viena sob a orientação de Luize Walker. Entre 1984 e1986 realizou estudos de guitarra no Conservatório de Aulnay-Sous-Bois a par de estudos particulares com Roberto Aussel. Em1994-Concluiu Mestrado em Ciências Musicais na Universidade de Coimbra. Em 2005 concluiu Doutoramento na Universidade de Aveiro sobre o tema ”Pensamento Polifónico na Didáctica de Guitarra do Século XVII ao Século XX”.

Tem apresentado comunicações em congressos e encontros em diferentes domínios da Performance : “Novas texturas sonoras em guitarra”, “Jorge Peixinho , Tocar L’oiseau lyre: fantasias que um título consente”, “As normas e a fantasia na transcrição e interpretação de música antiga em guitarra”, “Tablatura e scordatura, do velho se faz novo”. No domínio da organologia apresentou “Tidal Organ”, Lira Mundi e “Observação empírica de modelos de caixas de ressonância com vista ao equilíbrio de agudos e baixos em guitarras”, “Guitarpa, instrumento experimental para avaliação dos efeitos sonoros da alteração do ângulo de incisão das cordas no tampo”.

Tem estado presente a solo e em conjuntos em festivais de guitarra portugueses e estrangeiros. Foi solista de guitarra com as orquestras Camerata Musical do Porto, Regie Sinfonia do Porto, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra do Norte e Filarmonia das Beiras. No campo da improvisação e composição tem dirigido recitais como “Retratos e Paisagens” para ensemble instrumental, sobre poemas de Miguel Torga, “De Mil Amores” para vozes e instrumentos, “Requiem Laico por Paquito Cardinali” para soprano, narrador e ensemble instrumental.

Participou em diversos registos sonoros: Erika Pluhar “Uberleben”, Isabel Soveral “Heart”, Música coral de Fernando Lopes Graça, Quatro Visitações a Manuel Mendes”, “Retratos e Paisagens”,“Triângulo do Atlântico”. Na aplicação da sua música de cena, tem dirigido sessões de formação de atores nas companhias A Escola da Noite e Urze Teatro.

É Professor Auxiliar nas áreas de Guitarra, Técnica e Literatura de Guitarra e Música de Câmara, no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro.

Richard Zimler

Nota biográfica
Richard Zimler
nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque.
Fez um bacharelato em religião comparada na Duke University (1977) e um mestrado em jornalismo na Stanford University (1982).
Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de S. Francisco. Em 1990, foi viver para o Porto, onde foi professor de jornalismo durante 16 anos, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Desde 2002, tem dupla nacionalidade, americana e portuguesa.
Nos últimos 18 anos, publicou dez romances, uma colectânea de contos e três livros infantis, que depressa entraram nas listas de bestsellers de vários países (Portugal, Brasil, EUA, Inglaterra, Itália, etc…). Os seus romances encontram-se traduzidos para 23 línguas. Os seus livros editados em Portugal – por ordem cronológica – são: O Último Cabalista de Lisboa, Trevas de Luz, Meia-Noite ou o Princípio do Mundo, Goa ou o Guardião da Aurora, À Procura de Sana, A Sétima Porta, Confundir a Cidade com o Mar, Dança Quando Chegares ao Fim (livro para crianças), Os Anagramas de Varsóvia, Ilha Teresa, Hugo e Eu e as Mangas de Marte (livro para crianças), A Sentinela e Se Eu Fosse (livro para crianças).
Site: http://www.zimler.com/