Resumo dos curricula dos convidados

Ana Sofia Carvalho

Is Associate Professor with Aggregation in Bioethics and director of the Instituto de Bioética and the Chair holder of the Portuguese UNESCO Chair in Bioethics of Universidade Católica Portuguesa (UCP). She have been recently appointed as a member of the European Group on Ethics in Science and Technology (EGE.

She is the coordinator of the Doctoral Program in Bioethics. Member of the National Council on Ethics in the Life Sciences, elected by the Council of Rectors of Portuguese Universities (Parliament). Expert for ethics evaluation of the European Commission (FP6, FP7 and H2020) (Marie Curie Grants, European Research Council, European Commission DG Research & Innovation Directorate F – Health, European Commission DG Research & Innovation Directorate B – European Research Area B.6: Ethics and gender).

Arlindo Oliveira

Arlindo Oliveira licenciou-se pelo Instituto Superior Técnico e doutorou-se pela Universidade da Califórnia em Berkeley, em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores.

É presidente do Instituto Superior Técnico e professor do Departamento de Engenharia Informática, onde lecciona, entre outras, cadeiras nas áreas de Algoritmos, Biologia Computacional e Neuroengenharia.

Tem desenvolvido trabalho de investigação em sistemas digitais, síntese lógica, algoritmia, aprendizagem automática e bioinformática.

É autor do livro The Digital Mind, editado pela MIT Press e recentemente lançado em Portugal sob o título «Mentes Digitais

Carlos Tê

Carlos Alberto Gomes Monteiro, 14 de Junho de 1955, Porto.

Licenciado em Filosofia na UP

Colaboração em revistas de poesia: Avatar, Quebra-Noz, Pé-de-Cabra

Crónicas: caderno local do Público, de 1990 a 1994: Expresso, em 2005; Jornal o Jogo, no presente).

Publicações:

O Voo melancólico do melro (Romance)

Contos Supranumerários (contos)

Penso sujo (poemas)

Cimo de Vila (poemas, com ilustrações de Manuela Bacelar)

Três peças em volta de canções e Um Monólogo sobre Futebol (teatro)

Participações discográficas:

Rui Veloso, Jafumega, Clã, Cabeças no Ar, Canto Nono e José Mário Branco

Peças levadas à cena:

Cabeças no Ar

Amor  Solúvel

Missa do Galo

Fio de Jogo

Cânticos de Barbearia

Heitor Alvelos

Doutorado em Design (Royal College of Art, 2003). Mestre em Comunicação Visual (School of the Art Institute of Chicago, 1992).

Professor de Design e Novos Media na Universidade do Porto. Director do Plano Doutoral em Design (U.Porto / U.Aveiro/ UPTEC / ID+). Director na U.Porto do Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura / Unexpected Media Lab.

Presidente do Conselho Científico (CSH) da Fundação para a Ciência e Tecnologia (2016-actualidade, membro 2010-2016). Comissário, FuturePlaces medialab para a cidadania, desde 2008.

Outreach Director do Programa UTAustin-Portugal em media digitais (2010-2014). Membro da Academia Europaea. Membro do Executive Board da European Academy of Design e do Advisory Board for Digital Communities do Prix Ars Electronica.

Desde 2000, desenvolve trabalho audiovisual e cenográfico com as editoras Touch, Cronica Electronica, Ash International e Tapeworm. É Embaixador em Portugal do projecto KREV desde 2001. Desenvolve desde 2002 o laboratório conceptual Autodigest. Co-dirige a editora de música aleatória 3-33.me desde 2012 e o “weltschmerz icon” Antifluffy desde 2013.

Investigação recente nas áreas das implicações lexicais dos novos media, ecologia da percepção e criminologia cultural.

www.benevolentanger.org

Isabel Pavão

Isabel Pavão, artista, nasceu no Porto, Portugal.

Estudou Artes Visuais na Escola Superior de Belas Artes no Porto.

Em 1986 foi viver para Paris, Franca, com uma Bolsa de Estudo da Secretaria de Estado da Cultura  Portuguêsa para um projecto de pesquisa ligado à sua pintura. Em 1988 completou o “Diplôme d ‘Études Approfondies”— Mestrado em Arte na Universidade de Paris VIII e iniciou o Doutoramento em Arte e Estética.

Em 1990 mudou-se para Nova Iorque, onde vive a trabalha. Em 1994, com o apoio das Fundações Luso Americana e Gulbenkianfez o “Doctor of Arts”– Doutoramento em Arte na New York University, incorporando a sua prática como artista nos seus estudos.

Desde 1984 tem expôsto o seu trabalho em várias galerias e museus em Portugal, França, Espanha, Bélgica, Suissa, Alemanha, Estados Unidos, Brasil, Etiopia, China e India. A sua obra estápresente em coleções públicas e privadas nesses países.

Tem participação activa e frequente como artista e professora convidada em universidades, escolas de arte e museus. As suas intervenções centram-se na área da arte contemporânea, estética, e em projectos que envolvem o seu próprio trabalho.

A “Impressions Series” representa uma fase da sua pintura actual, e integra, como habitualmente na sua obra anterior, alusões aos padrões sobre sua experiência interior e dos processos conceptuais e poéticos; como um trabalho em curso contínuo, que são uma reflexão sobre o “acto de pintar” inspiradas pelas marcas da memória e a natureza.

www.isabelpavao.com

Jaime Milheiro

JAIME MILHEIRO, psiquiatra e psicanalista (n. 1935), fez a sua preparação no Porto, Lisboa e Paris (assistente estrangeiro da Faculdade de Medicina de Paris em 1965 e 66, como bolseiro). Aos 32 anos já era Chefe de Serviço de Psiquiatria (1º Assistente do Instituto de Assistência Psiquiátrica: IAP).

Prioritariamente interessado nas questões de Saúde Mental das pessoas e das comunidades, fundou em 1969 o Centro de Saúde Mental de V. N. de Gaia, numa linha inovadora de Psiquiatria Comunitária. Foi sempre seu Director, excepto quando destacado para as funções regionais de:

• Delegado da Zona Norte do Instituto de Assistência Psiquiátrica (1982-86)
• Coordenador de Saúde Mental da Região Norte (1988-92).

Foi Presidente do Colégio de Psiquiatria da Ordem dos Médicos (1981-87).
Foi Presidente da Associação Portuguesa de Saúde Mental (1991-95).
Foi Presidente do Conselho Nacional de Saúde Mental (1999-2005).

Foi Professor Convidado da Faculdade de Psicologia da U.P., regente de duas cadeiras: “Temas de Psicanálise” e “Saúde Mental” (1977-82).

Na prática psicanalítica é Membro Titular e Didacta da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e da Associação Psicanalítica Internacional desde 1981.
Organizou o ensino desta área no Norte do País, fomentando inúmeras actividades clínicas, científicas e culturais.
Fundou o Instituto de Psicanálise do Porto (1999) de que foi o primeiro Director.
Foi Presidente da Sociedade Portuguesa de Psicanálise (1990-92).
Foi Director da Revista Portuguesa de Psicanálise (1997-2003).

Escreveu dezenas de artigos científicos e centenas de artigos de opinião em revistas, livros colectivos e jornais, sempre numa intenção pedagógica e de conhecimento.
Publicou os seguintes livros:

• Doenças de Foro Psiquiátrico em V. N. de Gaia– Ed. do IAP– Porto (1984)
• Loucos são os Outros – Ed. FIM DE SÉCULO – Lisboa – 2ª Edição (1999)
• Orofobias… Marias e outros Mistérios – Ed. ALMEDINA – Coimbra (2000)
• Sexualidade e Psicossomática – Ed. ALMEDINA – Coimbra (2001)
• Adão e Eva no Deserto – Ed. CLIMEPSI – Lisboa (2003)
• O Livro de Jonas – Ed. FIM DE SÉCULO – Lisboa (2005)
• A Invenção da Alma – Ed. FIM DE SÉCULO – Lisboa (2012)
• O Centro de Saúde Mental de V. N. de Gaia – Ed. da DGS – Porto (2013)

Aposentou-se em 2003, na qualidade de Director do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar de V. N. de Gaia.

Foi agraciado com a Medalha de Ouro do Ministério da Saúde (2006).
Foi agraciado com a Medalha de Ouro do Município de V. N. de Gaia (2006).

Jorge Bouça

Psiquiatra, Psicanalista, Diretor de Psicodrama Psicanalítico, Coordenador Regional de Saúde mental ARSN. Representante do MS no Programa Europeu de Prevenção do Terrorismo (RAN & Social Care).

Membro da Comissão de Ensino da Sociedade Picanalítica de Grupo (SPPPG). Ex-Diretor do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental do CHVNGE, Ex-Diretor da Unidade de Gestão Integrada de Psiquiatria do CHVNGE.

Luisa Branco Vicente

Psiquiatra e pedopsiquiatra. Psicanalista Didacta e Membro da Comissão de Ensino da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.

Presidente da Comissão de Ensino e Presidente da Comissão de Ética da Sociedade Portuguesa de Psicodrama Psicanalítico de Grupo.

Professora da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Orlando Von Doellinger

Médico, Psiquiatra; Doutorado em Investigação Psicológica; Psicanalista (Membro Titular da SPP); Diretor do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa; Professor Auxiliar Convidado do Departamento de Neurociências Clínicas e Saúde Mental, da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto; Investigador do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S).

Paulo Pires do Vale

Paulo Pires do Vale é docente, ensaísta e curador; presidente da AICA – Associação Internacional de Críticos de Arte – Portugal, desde 2015. É licenciado e Mestre em Filosofia pela FCSH – Universidade Nova de Lisboa. Dá aulas na Universidade Católica Portuguesa, na Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich e no Departamento de Arquitectura da Universidade Autónoma de Lisboa. É autor de Tudo é outra coisa. O desejo na Fenomenologia do Espírito de Hegel, (Colibri, 2006); de ensaios para revistas, livros e catálogos de exposições colectivas e individuais, em Portugal e no estrangeiro. Entre as exposições que comissariou, destacamos: Ana Vieira – Muros de Abrigo, CAM-F.C.Gulbenkian, 2011; Rui Chafes – Inferno, Galeria Esteves de Oliveira, 2011; Tarefas Infinitas. Quando a arte e o livro de ilimitam, Museu Calouste Gulbenkian, 2012; Tratado dos Olhos, Atelier-Museu Júlio Pomar, 2014; Visitação. O Arquivo: Memória e Promessa, Museu de São Roque, 2014; Pliure (Prologue), Fondation C. Gulbenkian, Paris, 2015; Pliure (Épilogue), Palais des Beaux-Arts, Paris, 2015; Lourdes Castro – Todos os Livros, Museu Calouste Gulbenkian, 2015; Não te faltará a distância, Igreja de São Cristovão-CML, 2016; Festival de l´incertitude, Fondation Gulbenkian, Paris; Ana Hatherly e o Barroco. Num Jardim Feito de Tinta. Museu Calouste Gulbenkian, Lisboa, 2017.

Paulo Rangel

Licenciado em Direito (1991)

Docente da Universidade Católica (desde 1991) e da Porto Business School (desde 2011)

Advogado (desde 1991)

Deputado ao Parlamento Europeu (vice-presidente do Grupo Parlamentar PPE, vice-presidente do PPE), desde 2009

Deputado à Assembleia da República (2005-2009), Líder Parlamentar do Grupo PSD (2008-2009)

Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Justiça (2004-2005)

Autor de múltiplos artigos e livros científicos na área do direito constitucional, administrativo e ciência política, dos quais se destacam:

“Repensar o Poder Judicial”, Porto 2001; “O Estado do Estado”, Lisboa, 2009.

Livros de intervenção cívico-política: “Uma Democracia sustentável”, Coimbra, 2010; “Jesus e a Política – reflexões de um mau samaritano”, Porto-Bruxelas, 2015.

Prémio René Cassin, 1989

Prémio D. António Ferreira Gomes, 1986.

Rita Marta

Rita Marta é Psicóloga Clínica e Mestre em Psicologia Clínica e Psicopatologia (ISPA).  É Psicanalista de adultos, actualmente a finalizar a especialidade como Psicanalista de Crianças e Adolescentes (SPP)

É membro Associada da Sociedade Portuguesa de Psicanálise e da International Psychonalytical Association (IPA). Foi representante portuguesa da International Psychoanalytical Student Organization (IPSO).

Desde 1997 é Psicóloga Assistente no Serviço de Psiquiatria do Hospital Fernando Fonseca, e desde 1996 exerce actividade em Clínica Privada.  Em 2008 co-fundou a Clínica Rorschach (www.clinicarorschach.com), onde realiza seguimentos psicoterapêuticos e psicanalíticos, para além de dar Formação em “Avaliação Psicológica e Intervenção em Psicologia Clínica Psicanalítica”, destinada a finalistas de Psicologia.

Foi Assistente no Instituto Superior de Psicologia Aplicada e na Universidade Lusófona, onde também desenvolveu trabalho de investigação em Psicopatologia do adulto e do adolescente.

Tem publicações e intervenções diversificadas, nacionais e internacionais, no domínio da Psicologia, da Psicanálise e da Cultura.

Rui Aragão Oliveira

Presidente da Sociedade Portuguesa de Psicanálise. Membro da Associação Internacional de Psicanálise, da Federação Europeia de Psicanálise e da International Sándor Ferenczi Network, é psicanalista titular com funções didáticas na Sociedade Portuguesa de Psicanálise.

Licenciado em Psicologia, Mestre em Psicologia Clínica do Desenvolvimento e Doutorado em Psicologia Clínica pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra, exerceu a atividade de docência universitária no ensino público (Universidade de Évora) e privado (Instituto Superior de Psicologia Aplicada).

Pertenceu à Unidade de Investigação em Psicologia e Saúde (FCT)/ISPA. Dirigiu a Revista Portuguesa de Psicanálise. Foi membro inicial do Editorial Board Psychoanalysis Today e pertence ao Comité de Assessores do Livro Anual de Psicanálise/Internacional Journal of Psychoanalysis e da Revista IDE, da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo.

É autor de um vasto número de conferências e de artigos, publicados em livros e revistas científicas nacionais e internacionais.

Rui Coelho

Psiquiatra, Membro Titular com funções didatas da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.

Professor Catedrático de Psiquiatria e Saúde Mental da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

Diretor Executivo do 3º Ciclo de Estudos em Neurociências da UP, ramo Clínico do Programa Doutoral – “Neurociências Clínicas, Neuropsiquiatria e Saúde Mental” (FMUP).

Diretor do 2º Ciclo de Estudos em Psiquiatria e Saúde Mental (FMUP).

Diretor do Departamento de Neurociências Clínicas e Saúde Mental (FMUP).

Diretor da Clínica de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar de S. João